CULTURAL EDUCATIONAL PROGRAM

Since 2013, the Festival Artes Vertentes has gone beyond the eleven days of each edition's programming. From February to the beginning of December, it promotes the Cultural Educational program, offering free music and visual arts courses to children and teenagers in Tiradentes.

From 2014 to 2019, around 900 children participated in the Cultural Educational Program of the festival. Part of this process is always presented during the festival's program, in the form of exhibitions, animations, concerts and theatrical shows. Therefore, annually, the artistic production of children is part of the dialogue stimulated between artists from different countries around a specific curatorial motif.

We believe that, by promoting the Cultural Educational Program, the Festival Artes Vertentes establishes its social role in the community of Tiradentes, giving priority to areas of socio-cultural and educational vulnerability. Through regular contact with art, in its different languages and in an interdisciplinary way, participating children and adolescents build a possibility of change. They experience esthetic and artistic practice through quality theoretical and practical teaching, which contributes to the formation of critical and autonomous citizens.

In 2020, the Cultural Educational Program of the Festival Artes Vertentes has weekly classes throughout the year in the following areas:

VISUAL ARTS

Professors: Ísis Bey Trinidade and Fabíola Ciociola
Visual arts classes take place every week at the AMAT, AMOBAPA and APAE Tiradentes. These classes attend around 70 children from 7 up to 14 years. 

MUSIC

Choir VivAvoz

Maestro and professor: Renata Vanucci. Composed by 30 participants from 7 up to 14 years old, the choir VivAvoz has weekly rehearsals, which take place at the Museum Casa Padre Toledo (Cultural Campus of the Federal University of Minas Gerais in Tiradentes). The choir has concerts in Tiradentes and region throughout the year.

 

Initiation in Music 

Professor: Tiago Sousa
The classes in Music Initiation take place weekly at the AMAT, AMOBAPA and APAE Tiradentes, attending around 25 children from 5 up to 15 years.

 

OFICINAS

LITERATURA

Poesia: modos de vida

com Guilherme Gontijo Flores

30 novembro, 1, 3 e 4 dezembro 2020

A oficina de literatura Poesia: modos de vida se propõe a pensar a poesia como um tipo de abertura para modos de vida vários a partir de um agir e de um fazer. Para isso discutir, por um lado, algumas formas tradicionais poéticas; por outro, algumas demandas éticas da escrita no presente. Os dois primeiros encontros serão voltados para apresentação desses problemas, com exemplos diversos; e os dois últimos serão leitura e discussão do que for produzido ao longo do período.

Vagas limitadas. Inscrições encerradas.

Arte Bordado Costura

com François Andes

23 novembro a 6 dezembro 2020

Realizada em parceria com o MUSA (Mulheres Sonhando Alto), a oficina Arte, Bordado e Costura seleciona 04 (quatro) mulheres que tenham conhecimentos de bordado e costura para participar de uma atividade a ser desenvolvida em diálogo com o artista visual François Andes, artista visual em residência do Festival Artes Vertentes 2020 . O trabalho de bordado e costura será realizado a partir de desenhos do artista, inspirados na presença da água no município de Tiradentes e seu entorno e nas lendas tiradentinas relacionadas a este elemento em um figurino concebido para uma performance.

Serão concedidas 04 (quatro) bolsas de estudos no valor de R$600,00 (seiscentos reais).

Período de inscrição: de 05 a 15 de novembro às 23:59.
Número de vagas: 4 (quatro)
 

Oficina Cobra Norato

com os integrantes da Ação Cultural

2, 3 e 4 dezembro 2020

Turma 1: 10h às 12h

Turma 2: 14h às 16h

AMAT

A Oficina Cobra Norato, que será realizada no período de 2 a 4 de dezembro de 2020, em Tiradentes, e dentro da programação do Festival Artes Vertentes, se propõe não só a ser um espaço de criação, mas principalmente de reflexão. Reflexão esta que terá como ponto de partida a confluência de dois blocos temáticos: a narrativa de Cobra Norato e a Água, tema do Festival deste ano. Os necessários questionamentos que estes dois grandes temas nos oferecem e a urgência de nos debruçarmos sobre eles é que nortearão os participantes (entre eles crianças e adolescentes)  para a criação e realização, com diferentes técnicas, de materiais que,  por sua vez, integrarão uma Exposição que será  apresentada  em 2021.