História, cultura e charme em Tiradentes

Onde quer que esteja em Tiradentes, o paredão da Serra de São José projetará sobre você sua magnífica visão. Este marco geográfico que emoldura a cidade é apenas uma das muitas sensações que o visitante experimenta nesta cidade histórica de poucas ruas e cerca de 7000 habitantes.

Tiradentes exibe uma admirável e bem preservada arquitetura do século XVIII, presente não só nas igrejas barrocas, como também no casario do centro histórico. Essa condição levou ao tombamento do conjunto arquitetônico da cidade, em 1938.

Andar pelas ruas com calçamento de pedra é reconhecer, em cada canto, o estilo colonial e as ondulações do rococó mineiro. Museus, ateliês de artistas e uma intensa vida cultural anual complementam o circuito cultural da cidade.

Em setembro, ipês amarelos colorem a paisagem; o clima é ameno, com manhãs e noites mais frias. Restaurantes e bares oferecem ao visitante a apreciada culinária mineira; lojas exibem o colorido artesanato local; antiquários permitem conhecer como eram as casas da cidade nos séculos XVIII e XIX.

Acrescente a tudo isso uma gente que se orgulha de sua história e tradições e faz questão de dispensar ao visitante uma generosa acolhida. 

 

HISTÓRIA

Povoada a partir de 1702, a cidade de Tiradentes, na região Central de Minas Gerais, homenageia em seu nome o alferes Joaquim José da Silva Xavier, conhecido pelo apelido de Tiradentes. O alferes nasceu na Fazenda do Pombal, entre Tiradentes e São João del Rei, e se tornaria o líder da Inconfidência Mineira, principal movimento de contestação à Coroa portuguesa, no século XVIII.

 

A Matriz de Santo Antônio, cuja fachada é de autoria do arquiteto e escultor Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, e o chafariz São José, são exemplos da bem-preservada herança colonial. Tiradentes tem sua história iniciada em 1702, quando os primeiros bandeirantes, chefiados por João Siqueira Afonso, após a descoberta de ouro num local chamado Ponta do Morro, se fixaram na região. Eles chegaram na seqüência dos mineradores que, no final do século XVII, se estabeleceram na região que viria a ser conhecida como Ouro Preto.

O grande fluxo de garimpeiros, motivados pelas novas jazidas, levou o local a se tornar arraial da Ponta do Morro de Santo Antônio. A importância do povoado era tanta que, somada à abundância de ouro, logo em 1718 se tornaria vila de São José. As construções da primeira metade do século XVIII, tanto as moradias como as edificações religiosas, tomaram espaço nos pontos altos da região. As casas se elevaram ao redor de igrejas e capelas, configuração que permanece até hoje.

Em 7 de setembro de 1889, a vila tornou-se cidade de São José, para em 6 de dezembro adotar o nome atual em homenagem ao mártir da Inconfidência. Atualmente, o dia da cidade é comemorado em 19 de janeiro, data em que o arraial da Ponta do Morro de Santo Antônio se tornou vila.

 

COMO CHEGAR

Clique no mapa acima para navegar

Localizada na região mineira do Campo das Vertentes, Tiradentes tem facilidade de acesso. Principais distâncias: Belo Horizonte (210 km), São João del Rei (14 km), São Paulo (485 km), Rio de Janeiro (335 km) e Brasília (915 km).

Localizada na região mineira do Campo das Vertentes, Tiradentes tem facilidade de acesso. Principais distâncias: Belo Horizonte (210 km), São João del Rei (14 km), São Paulo (485 km), Rio de Janeiro (335 km) e Brasília (915 km).

De carro

A partir de Belo Horizonte, a estrada mais comum para chegar a Tiradentes é a BR-040. Seguindo 85 quilômetros, pegue a BR-383, após o trevo de Congonhas. Depois, basta seguir pela BR-383 por mais 105 km até Tiradentes. Esse trajeto tem o total de 190 km e tempo médio de três horas de duração. 

A partir do Rio de Janeiro, a opção mais rápida é seguir por pela BR-040 e depois pela BR-265. O trajeto, de 340 km, tem duração de 4h30. 

A partir de São Paulo, há duas opções de trajeto. A primeira, e mais rápida, é pela BR-381, seguida da BR-265; e a segunda pela BR-116 e depois BR-383. O trajeto, de 490 km, tem duração de 6h30.

De ônibus

A Rodoviária de Tiradentes recebe apenas ônibus vindos de São João del Rei. Seja qual for o seu ponto de partida para Tiradentes, a passagem deverá ser comprada para São João del Rei. A cidade está localizada a 14 km de Tiradentes. Em São João del Rei, será necessário pegar outro ônibus até Tiradentes para finalizar o trajeto. 

A partir de Belo Horizonte, a viagem tem tempo médio de duração entre 3h30 e 4h30 e é operada pela Viação Sandra

A partir do Rio de Janeiro, o trajeto tem duração de 5h30 e é realizado pela Paraibuna Transportes.

A partir de São Paulo, o trajeto dura entre 7h e 8h30 e é operado pela Util

A partir de São João del Rei, basta pegar um ônibus convencional ou um táxi até Tiradentes.

 

ONDE SE

HOSPEDAR

 

Tiradentes tem uma boa infraestrutura de hotéis e pousadas. Algumas fazem parte do roteiro de charme. Todas oferecem café da manhã e algumas um chá à tarde. Pão de queijo e bolos variados, além de outros quitutes mineiros, são sempre apreciados pelos hóspedes.

Aqui, indicamos alguns estabelecimentos. A lista completa de hotéis e pousadas em Tiradentes pode ser encontrada facilmente em sites de viagens.

 

Solar da Ponte
Primeiro hotel de Tiradentes, fundado por John e Anna Parsons, tem decoração elegante, quartos amplos, piscina e fica bem pertinho da Praça das Forras, no coração do Centro Histórico. Muitas janelas dão para um fantástico bosque que envolve as laterais e o espaço da piscina. 

 

Villa Allegra
Aconchegante, a Villa Allegra privilegia o encontro dos hóspedes com um ambiente sofisticado e familiar e, ao mesmo tempo, com muita personalidade. Tem piscina e varandas que dão vista para a serra de São José. Fica no Parque das Abelhas, a 800 metros do centro histórico.  

 

Pousada do Ó
no centro histórico de Tiradentes, entre o Largo do Ó e a Matriz de Santo Antônio, esta pousada oferece conforto e comodidade a seus hóspedes. Fica também muito próxima à maioria das igrejas e dos locais de exposições e espetáculos do Festival Artes Vertentes. 

Pousada Boutique Oratório – Esta luxuosa pousada, localizada no bairro Alto da Torre, oferece várias opções de lazer aos hóspedes, entre eles piscina, hidromassagem com água quente, sala de massagem e espaço gourmet. Lourenço e Malu, o casal proprietário, estão sempre presentes para providenciar as demandas dos hóspedes.

Pousada Bem Viver – fica a 400 metros da Estação da Maria Fumaça, uma caminhada de 15 minutos até o centro histórico, em meio a uma exuberante área de preservação ambiental. Possui vários certificados de excelência.

Pousada Trem do Imperador - Localizada em Tiradentes, uma das cidades mineiras do circuito Estrada Real, lugar de extrema beleza e cultura diversificada. Criamos sobre dormentes, trilhos e rodas de trem, a Pousada Trem do Imperador, com réplicas do vagão de 1881 utilizado pelo Imperador Dom Pedro II, além de um ambiente confortável e aconchegante

Charme da Serra

Nossa pousada está localizada na Rua do Chico Doceiro, a 800 metros do Largo das Forras. Temos 07 aptos e uma decoração rústica. Nossos apartamentos são confortáveis e um dos diferenciais é nosso café da manhã que vai das 08h00 às 11h00 com a mais variada quitanda mineira. Sempre na recepção há um cafezinho com biscoitos da roça que o hóspede se sinta realmente em casa. Então, entre a Charme da Serra Pousada Boutique é toda sua.

Serra Vista

Acomodação de qualidade, culinária mineira e excelência no atendimento são os três pilares valorizados pela direção do Hotel Serra Vista. Com 25 anos de funcionamento, o Hotel é uma das casas mais tradicionais e reconhecidas na cidade por sua importância cultural.

Vila D´Ouro

Fundada em 2003, a Pousada Villa D’Ouro tem como a principal missão oferecer um descanso inesquecível para todos os hóspedes. Localizada a 1,5km do centro de Tiradentes, Pousada mescla o visual rústico com a modernidade para agradar os mais variados gostos. A ampla área verde e a grande horta orgânica proporcionam um café da manhã maravilhoso e saudável, com todas as quitandas preparadas dentro da própria Villa D’Ouro. 

Pequena Tiradentes

Tiradentes tem um charme especial que a torna diferente de qualquer outro lugar. Além da riqueza histórica, as vielas da cidade inspiram arte, cultura e o melhor da gastronomia; Por isso mesmo, a Pequena Tiradentes ganhou esse nome: a pousada guarda o mesmo clima de charme e sofisticação, em um ambiente digno de família real, que nos faz voltar ao tempo. Nada mais justo em um lugar onde você é tratado como rei. Além de um cenário encantador, a pousada oferece estrutura completa para você descansar.

 

GASTRONOMIA

O Tragaluz, fundado por Zenilca de Navarro, apresenta um ambiente aconchegante, à luz de velas, e um cardápio que oferece pratos com ingredientes de Minas Gerais preparados de forma criativa, com destaque para a Pintada Tragaluz. A cozinha é conduzida há alguns meses pelo chef Felipe Oliveira, que vem fazendo inovações sem perder a essência da culinária mineira.

 

Reservas: (32) 9 9968.4837 / 3355.1424.

O Pacco e Bacco, praticamente ao lado da Igreja do Rosário, oferece mais de 150 rótulos de vinho escolhidos para os clientes pelo proprietário e sommelier Francisco Rodriguez, em harmonia com os pratos primorosamente elaborados. O cardápio oferece um delicioso encontro da tradição francesa com ingredientes mineiros.

 

Reservas: (32) 3355.1136 / 9 9920.1216

Casa Azul Bistrô é especializada em comida mexicana e oferece delícias desta culinária, como os tacos, o guacamole, quesadilhas, burritos e outros pratos inspirados na culinária deste país.  O restaurante tem retratos de Frida Kahlo e objetos coloridos que remetem à pintora mexicana. Fica na rua da Cadeia, sem número, uma pequena rua sem saída, quase esquina com a rua Ministro Gabriel Passos.

 

Reservas: (32) 9 8511.4501

O Angatu conduzido pelo chef Rodolfo Mayer, o Angatu ostenta uma estrela do Guia Quatro Rodas por sua culinária ímpar e de muita personalidade, que surpreende positivamente seus clientes. Está localizado na rua da Cadeia, 38, logo abaixo da entrada do Museu de SantAna.

Reservas: (32) 9 9903.5734

Localizado a menos de cem metros da Matriz de Santo Antônio, na charmosa cidade mineira de Tiradentes, o restaurante Atrás da Matriz oferece desde 2001 um ambiente aconchegante e um cardápio nada  convencional.  Servindo desde bacalhau norueguês até pizza na lenha, passando por filés, massas e caldos.

Reservas: (32) 3355.2150 e (32) 99111.2150

Instalado em uma charmosa casinha no Largo do Ó, no Centro Histórico, o Cultivo é o primeiro bar e restaurante vegetariano de Tiradentes. No cardápio, destacam-se o hambúrguer de feijão com funghi, com queijo Catauá e geleia de pimentão trufada, e o bolinho de moqueca, uma das várias opções veganas. Livros para serem lidos ali, sem pressa, loja com uma delicada seleção de produtos de design autorais e luzinhas por toda parte resumem bem a proposta despojada do lugar, cuja trilha sonora, na maioria das vezes, fica a cargo da vitrola. 

Reservas: (32) 9 8868.4928

UaiThai

O chef Ricardo Martins apresenta uma cozinha única e autoral, ao misturar elementos frescos e leves da culinária tailandesa com o carinho da tradicional comida mineira. Sabores marcantes que proporcionam uma experiência gastronômica inesquecível.

Reservas: (32) 99927-9903