Buscar
  • Maria Cristina Bahia

“Victor, o menino selvagem” marca a pré-estreia do Festival Artes Vertentes em Belo Horizonte

Atualizado: 12 de Set de 2019



O espetáculo “Victor, o menino selvagem” será apresentado no Grande Teatro do Sesc Palladium, no dia 08 de setembro, às 17 horas. Criado pela Compagnie Zaï (França), o espetáculo usa técnicas do teatro de sombras e do teatro mímico, narrando, de forma poética, a história de Victor, um menino que de um dia para o outro se encontra sozinho em um mundo estranho e incompreensível.

Inédita na América Latina, a peça, que participou de importantes festivais na Europa e na Ásia, conta com a atuação do ator Arnaud Prechac e a trilha sonora é criada ao vivo pelo músico Gildas Préchac. “As crianças ficam fascinadas por este trabalho desconcertante e original, tão incomum quanto audacioso”, aponta o crítico teatral francês Nicolas Arnstam. "Victor, o menino selvagem nasceu do encontro entre três artistas: um mímico, um ilustrador e um músico e compositor. Um espetáculo que se desenha a partir de um dispositivo simples e original: uma tela, um retroprojetor e alguns acessórios para ilustração e som.”, recordam os integrantes da companhia. “Rapidamente nos interessamos pela história de Victor, o menino selvagem, que nos levou a uma narrativa e escrita abstrata. Queríamos que cada integrante da companhia contribuísse para o projeto a partir das suas experiências artísticas... Corpo, som e imagem são os elementos centrais do espetáculo cênico e imprimem formas, movimentos, ritmos e ressonâncias, dando origem a personagens, lugares, eventos dramáticos, sugestões estéticas e sensações sonoro-visuais."

Realizada em parceria com o Sesc em Minas Gerais e a Aliança Francesa Belo Horizonte, a apresentação em Belo Horizonte é um recorte da programação do Festival Artes Vertentes – Festival Internacional de Artes de Tiradentes, que acontece entre os dias 12 e 22 de setembro na histórica cidade mineira.

17 visualizações