Eng Por
06
Quinta
07
Sexta
08
Sábado
09
Domingo
10
Segunda
11
Terça
12
Quarta
13
Quinta
14
Sexta
15
Sábado
16
Domingo
06/09 - Auditório Centro Cultural SESIMINAS Yves Alves | 18h00
Abertura oficial do Festival Artes Vertentes
Abertura oficial do Festival Artes Vertentes 

06/09 - Auditório Centro Cultural SESIMINAS Yves Alves | 18h30
Apresentação do filme
O que é habitar? Como é a cidade em que habitamos? E qual é nossa relação com seus espaços? Das respostas nasce uma narrativa coletiva sobre a cidade e suas características. Tiradentes vista sob os olhos de uma criança. Entre quadros animados - usando a técnica de recorte sob pintura, onde, o cenário é a própria cidade, vemos cenas de seu cotidiano; jogar bola, empinar pipa, nadar no rio... Cachorros, gatos, galinhas e outros animais estão igualmente presentes neste dia a dia e muitas vezes ainda entram nas brincadeiras! Mas, neste filme, também tem assuntos assustadores. “Causos” que os adultos contam de fantasmas e assombrações que penam entre becos e cemitérios. Além disso, nessa história o personagem Tiradentes ganha vida e passeia conosco por ruas da cidade apresentando algumas de suas manifestações culturais. 

06/09 - Auditório Centro Cultural SESIMINAS Yves Alves | 19h00
Apresentação do Coro VivAvoz
 Apresentação do Coro VivAvoz

06/09 - Auditório Centro Cultural SESIMINAS Yves Alves | 19h30
A alma da cidade, de Solange Jobim e Daniel Paes

ALMA DA CIDADE é um filme documentário, de longa metragem, que apresenta a cidade de Tiradentes, em Minas Gerais, como um lugar onde se cruzam indivíduos com heranças culturais diversas. O que é a cidade para seus habitantes? O que cada história revela sobre a cidade e seus personagens? O que significa preservar a tradição e transformar a cidade em um lugar de memória? A diversidade cultural, a mistura de crenças e de gostos, assim como a fusão de ambientes e o discurso dos moradores, são os elementos que constroem a alma de uma cidade. O filme explora o imaginário popular e promove o debate sobre o destino de Tiradentes que,  assim como tantas outras cidades históricas, enfrenta o desafio para a preservação de um dos maiores patrimônios da humanidade, a MEMÓRIA COLETIVA. 


06/09 - Auditório do Centro Cultural SESIMINAS Yves Alves e UFMG Cultural Sobrado Quatro Cantos | 17h00
Abertura das exposições do Festival Artes Vertentes
Obras de Serguei Maksimishin, Nuno Ramos, Ana Alves, Caetano Dias, Nicia Braga e outros. 
 

 
sobre edições anteriores parceiros ação educativa ficha técnica
dia área ciclo de ideias e educativo
Pernambuco São Paulo
assessoria na mídia
fotos vídeos