Eng Por


A Ação Educativa do Festival Artes Vertentes está a todo vapor!
10/04/2017
Por: Festival Artes Vertentes
Reafirmando o seu compromisso de ter uma presença em Tiradentes que ultrapassa cada edição do festival e de contribuir com a formação artístico-cultural das crianças e adolescentes de Tiradentes, a Ação Educativa do Festival Artes Vertentes já está funcionando a todo vapor!
 
Para isso, no mês de fevereiro, uma adaptação foi realizada nas estruturas da Associação dos Moradores do Alto da Torre (AMAT), parceira de longa data do festival, com o objetivo de tornar o espaço mais apropriado para as atividades desenvolvidas. “Nivelando o piso, melhorando ventilação e iluminação teremos a sensação de que a sala ficará mais ampla e clara. E ainda com os móveis feitos sob medida, armário para guardar os materiais e mesas apropriadas, conseguiremos atender com qualidade as necessidades básicas das aulas de desenho e pintura”, comenta Phamela Dadamo, responsável pelo projeto de adaptação. A reforma foi realizada pela Associação dos Amigos do Festival Artes Vertentes (AAFAV), em parceria com a AMAT e com a nova gestão da Prefeitura Municipal de Tiradentes.
 
As oficinas de desenho e pintura, realizadas gratuitamente com crianças entre 08 e 12 anos na AMAT, são ministradas pelo professor Ricardo Coelho, em uma parceria com a Universidade Federal de São João del Rei. “Acabamos de concluir o primeiro mês de trabalho com as crianças e já podemos notar mudanças na postura pessoal e no convívio do grupo, além é claro, de termos resultados promissores na expressão individual através do desenho”, afirma Ricardo. Uma mostra com o resultado parcial deste trabalho será exibida na sexta edição do Festival Artes Vertente, entre o dias 14 e 24 de setembro de 2017.
 
No âmbito musical, os ensaios do Coro VivAvoz acontecem na Escola Estadual Basílio da Gama aos sábados. Ainda com algumas vagas disponíveis, o VivAvoz se apresentará nos dias 21 de abril e 20 de maio, em Tiradentes.
 
Uma novidade da Ação Educativa em 2017 são aulas de clarineta, oferecidas gratuitamente para os integrantes da Banda e Orquestra Ramalho. As aulas são ministradas por Márcio André Castro, sob a coordenação de Iura de Rezende, professor de clarineta na UFSJ.
 
Através do contato regular com a arte, em suas diversas linguagens e de maneira interdisciplinar, além de seu caráter formativo, essas ações, articuladas pelo projeto de Ação Educativa, representam uma possibilidade de mudança na vida de crianças e jovens da região, garantindo o acesso à experiência estética e ao fazer artístico, estimulando o ensino teórico e prático com qualidade e contribuindo para a formação de cidadãos críticos e autônomos.
 
Para mais informações, acesse o grupo no facebook
Voltar

 
 
sobre edições anteriores parceiros ação educativa ficha técnica
dia área ciclo de ideias e educativo
Pernambuco São Paulo
assessoria na mídia
fotos vídeos